portal de itaboraí servidor ouvidoria suporte ao servidor 2° via iptu 2017
publicada em 15 de fevereiro de 2017 por Prefeitura de Itaboraí
Praça de Itaboraí recebe 1ª edição de “Música para o povo”
imprimir

32081791983_f819f1a72d_zA Praça Alarico Antunes, no Centro, também conhecida como a Praça do Chafariz, ficou mais musical, na manhã dessa segunda-feira (13/02), com a apresentação da primeira edição do projeto “Música para o povo”. Realizado pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil, o projeto objetiva levar música de qualidade gratuitamente através da  Banda de Música da Guarda Municipal as praças de Itaboraí uma vez por semana.

 No reportório, de músicas instrumentais estavam MPB (Música Popular Brasileira) e músicas internacionais. Os 38 componentes da banda tocaram diversos instrumentos, dentre eles, flauta, saxofone, clarinete, instrumentos de percussão e outros.

Durante a apresentação, que durou cerca de uma hora, muita gente parou durante alguns minutos para apreciar a boa música. Assim foi com o morador da Reta Nova, Carlos Henrique da Silva, que mesmo muito ocupado, parou arrumou uma sombra para ouvir as músicas.

“Estou surpreso com essa apresentação, gostei muito. Hoje é o meu único dia de folga do mês e vim aqui no Centro pagar algumas contas. Estou aqui parado e encantado com essa musica. Eles são muito afinados. Isso dá mais leveza no corre corre da vida,” disse Carlos.

Segundo o secretário de Segurança Pública, Robson André, a Banda é um patrimônio da Prefeitura e pertence a todos, esse projeto é um respiro diante de tantos problemas que temos que a Prefeitura tem que resolver.

“O nosso objetivo é mostrar a população que não podemos perder o encanto e a alegria mesmo diante das dificuldades da vida”, disse ele, que acrescentou que esse projeto vai rodar as várias praças do município, cada semana será uma diferente.

 O maestro da Banda, Carlos Alberto Oliveira, ressalta que esse projeto não tem custo algum para a Prefeitura, já que eles teriam que se reunir uma vez por semana, no mínimo para ensaiar.

“É um ensaio ao ar livre com platéia. Estamos adorando esse experiência”, disse Oliveira.

acesso restrito