• Central de Atendimento:
  • 3639-1505 | 3639-1875
  • Nossa Estrutura
Em 12 de abril de 2018 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí
Defesa Civil divulga balanço positivo das chuvas de verão
FacebookTwitterGoogle+LinkedInEmailShare

26515283357_764e413693_zPassados o período de verão, entre os dias 21 de dezembro a 20 de março, onde ocorre a maior quantidade de chuva, devido os dias ensolarados e de muito calor, ocasionando assim tempestades e riscos de enchentes, a Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Civil divulgou na última terça-feira (10/04), no Salão Nobre da Prefeitura, o balanço da Defesa Civil, sobre as ações realizadas neste período.

Com um resultado positivo, em relações há anos anteriores, o prefeito de Itaboraí, Dr. Sadinoel Souza elogiou o trabalho da equipe, e ainda dos servidores da Secretaria Municipal de Obras, que realizaram a limpeza de rios, córregos e valões no município. E ressaltou que o trabalho de prevenção vem acontecendo desde o início do ano de 2017.

“De acordo com o relatório, mais de 360 metros quadrados desses córregos e canais foram limpos manualmente e apenas 26 metros quadrados por limpeza mecânica. Esses números mostram a realidade do nosso município, que conta com o comprometimento dos servidores, mesmo com a falta de maquinários, por conta da situação financeira”, disse o chefe do Executivo.

Em Itaboraí, a chuva mais forte no período do verão, foi a do dia 27 de janeiro (sábado), provocando assim, a cheia do Rio Aldeia, em Visconde. E deixando aproximadamente 15 famílias desabrigadas, com uma média de 25 pessoas. No mesmo dia, às 18h foi criado o “Gabinete de Crise”, com o intuito de traçar objetivos e não afetar ainda mais a população. Neste Gabinete foram reunidos representantes das secretarias municipais de Educação, Obras, Desenvolvimento Social, Saúde, Segurança e Defesa Civil, Chefia de Gabinete, Ouvidoria e Defesa Civil Estadual.

40672190514_cb3e78dafa_zO secretário municipal de Segurança e Defesa Civil, Luiz Alberto Mendonça destacou o trabalho em conjunto das secretarias, e da equipe de funcionários e diretoras da Escola Municipal Prefeito João de Magalhães, também em Visconde, que serviu de abrigo provisório para os desabrigados.

“Quero agradecer a todos os envolvidos pela atenção e disponibilidade em ajudar aos que necessitavam naquele momento. Quando o desastre chega, o problema não é só da Defesa Civil, e sim de todos. O trabalho foi executado com êxito e conseguimos vencer as demandas, mesmo com as dificuldades. Vamos continuar essa árdua missão que é zelar pela vida dos munícipes”, disse o gestor da pasta.

O subsecretário de Defesa Civil, Marlon Pina ressaltou os cinco pilares da Defesa Civil, sendo a prevenção, preparação, reconstrução, mitigação e resposta. E comentou que em 72 horas, do dia 27 ao 29/01, choveu aproximadamente 225 milímetros em Itaboraí, volume esperado para uma média de 15 dias. Mas que devido ao trabalho, que foi realizado desde o início de 2017, como limpeza de rios, implantação de núcleos comunitários para controle de possíveis desastres naturais e outros, o município não teve grandes prejuízos.

“O problema do nosso município em relação às fortes chuvas são as enchentes e alagamentos, e foi nisso que nós atuamos. Localidades como o Rato Molhado, no Rio Várzea e Itambi não tiveram pessoas desabrigadas ou desalojadas, e ainda enchentes. Em Visconde, por exemplo, por conta da implantação dos Núcleos Comunitários de Defesa Civil (NUDEC), que consiste em um grupo voluntariado, que recebe capacitação de primeiros socorros, prevenção e combate a incêndio, e percepção de riscos de desastres, os moradores conseguiram realizar o que aprenderam”, disse Pina.

27515946068_0fa37ff03f_zE ainda por conta do trabalho em conjunto das secretarias, foi permitido resgatar os pertences de todos os moradores desabrigados. Os desabrigados ficaram na escola (abrigo provisório) durante quatro dias e receberam toda infraestrutura necessária, como alimentação, com cinco refeições diárias, sendo, café da manhã, almoço, lanche, jantar e ceia, por meio da Secretaria Municipal de Educação.

A Secretaria Municipal de Saúde ofereceu medicamentos e atendimento médico. A de Desenvolvimento Social realizou a triagem, atendimento psicológico, assistência social, cadastro das famílias, organização do abrigo e doação de materiais de limpeza. Já a Secretaria Municipal de Obras ajudou com caminhão e escavadeira, além do motorista. E a Defesa Civil do município distribuiu os kits dormitórios, contendo colchão, travesseiro, fronha, lençol e cobertor; realizou a vistoria nos imóveis, o monitoramento do nível do rio; a mobilização e desmobilização do abrigo.

O encontro contou com a presença de representantes das secretarias municipais de Obras; Educação; Desenvolvimento Social; Fazenda; Saúde; Administração; Agricultura, Abastecimento e Pesca; Controladoria. E ainda os vereadores Rogério Filgueiras, Marcelo Lopes, e outros.

Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
©2018 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável