PMI
PMI
Em 5 de julho de 2018 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí
Itaboraí lança projeto de formação de Brigadista para combate das arboviroses
FacebookTwitterGoogle+LinkedInEmailShare

43168424042_363b20bbda_zPara auxiliar na redução dos índices de infestação pelo mosquito Aedes Aegypti no município de Itaboraí, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da subsecretaria de Vigilância em Saúde, lançou na última quarta-feira, 04 de julho, o Projeto “Brigada contra as arboviroses”.

A iniciativa, apresentada pelo sanitarista e entomologista Carlos Tadeu Trannin de Castro, consiste em realizar parcerias com as empresas privadas do município para formação de funcionários e habilitá-los na função de Brigadista contra as Arboviroses, para que, dentro de suas respectivas empresas, sejam capazes de encontrar possíveis focos do mosquito transmissor dos vírus da dengue, febre amarela, zica e chikungunya.

“Precisamos envolver a comunidade neste combate e o Projeto Brigadista é mais uma das diversas medidas alternativas para o controle das arboviroses em Itaboraí”, destacou o sanitarista e entomologista, Carlos Tadeu Trannin de Castro.

“É uma dificuldade muito grande em combater os focos do mosquito e isso não deve ser feito somente na época das chuvas, mas o ano todo. Precisamos mudar a realidade do  nosso município e este projeto é extremamente importante, porque irá melhorar e auxiliar no combate aos vetores de transmissão”, comentou o subsecretário de Vigilância em Saúde, Renato De Gasperis Botticini. Ele explica ainda que o funcionário escolhido irá desenvolver um olhar apurado no seu ambiente de trabalho e assim, detectar possíveis focos do mosquito. Todos Brigadistas serão indicados pelas empresas e passarão por uma capacitação oferecida pelos técnicos da Secretaria Municipal Saúde, por intermédio do Programa Municipal de Controle da Dengue.

28348466377_99267a0b24_zO Curso Básico de Formação de Brigadistas no Controle das Arboviroses de Itaboraí terá a carga horária em torno de 40 horas. Dividido em três módulos, vai abordar em seu conteúdo programático temas relacionados à febre amarela, dengue, zica vírus e chikungunya. O curso terá inclusive, aulas práticas em ambientes externos. Após sua formação, o Brigadista terá o compromisso de inspecionar todo espaço físico da sua empresa, cumprindo com planejamentos e procedimentos técnicos estabelecidos pelo Ministério da Saúde, com objetivo de eliminar possíveis criadouros do Aedes Aegypti. Ele também poderá executar atividades educativas com os demais profissionais da sua instituição.

 

Itaboraí tem comitê para Combate às Arboviroses 

A Secretaria Municipal de Saúde, por intermédio da subsecretaria de Vigilância em Saúde, também na última quarta-feira, 04 de julho, apresentou o Decreto nº 049, assinado pelo prefeito Dr. Sadinoel Souza, institucionalizando o Comitê Intersetorial de Enfrentamento às Arboviroses. Formado, por 13 secretarias municipais e pelo Conselho Municipal de Saúde, o Comitê tem a proposta de discutir e elaborar estratégias de enfrentamento e combate ao mosquito transmissor vírus da dengue, febre amarela, zica e chikungunya.

43168424252_35710ba745_zA reunião foi iniciada pelo subsecretário Renato Botticini apresentando um breve histórico das reuniões anteriores, assim como a importância da instituição do Comitê e do envolvimento das secretarias participantes.

“Precisamos combater o vetor transmissor das arboviroses de forma eficaz e para isso o comitê vem nos auxiliar. Queremos provocar a integração entre os setores e juntos, combater essas doenças”, ressaltou o subsecretário de Vigilância em Saúde, Renato Botticini.

Na ocasião, a enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Carolina Lima, apresentou o panorama atual das Arboviroses e os avanços alcançados nos últimos meses. Além do Projeto “Brigada contra as Arboviroses”, também foi apresentado pelo representante da Secretaria Municipal de Fazenda, Armando Neto, uma proposta de alteração do parágrafo da Lei Complementar Municipal Nº 33/2003, visando uma adequação tributária nos casos de reincidência de moradias com focos de vetores transmissores das Arboviroses.

Por Marcely Figueiredo 

Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
©2018 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável