PMI
PMI
Em 5 de setembro de 2018 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí
Educação realiza 3ª jornada Surdo Ouvinte

43568167075_1650bdeab9_zA Escola Municipalizada Joaquim Pedro de Andrade, Ciep 452, em Apollo 2, realizou no último sábado (01/09), a 3ª Jornada surdo ouvinte. A ação foi destinada aos pais de alunos, professores, funcionários da escola, estudantes, pedagogos e a toda comunidade. E contou com objetivo de oportunizar momentos de troca de conhecimentos a respeito do aluno surdo no cotidiano escolar, bem como refletir sobre o aluno surdo ouvinte como cidadão de direitos.

A unidade escolar é referência na educação de alunos com deficiência auditiva no município, atendendo cerca de seis alunos com diferentes graus de surdez e contendo dois intérpretes a disposição dos alunos e familiares. A escola vem promovendo métodos e atividades inclusivas.

De acordo com diretor geral, Marcos André Torres Santos, a proposta da jornada é promover a reflexão dos grupos sobre as questões dos alunos surdos no modo geral e principalmente no âmbito escolar. “Fico feliz que tenha a presença de tantas pessoas prestigiando nosso evento, inclusive professores de outros municípios. Identificamos em nossa unidade crianças com deficiência auditiva, foi então que iniciamos com os incentivos, assim fortalecendo o conhecimento e evolução dele”, afirmou o diretor ao lado da coordenadora da Educação Integral e Especial, Valeria Salles, que parabenizou a escola pela iniciativa a respeito da ampliação da inclusão e por abraçar todos esses alunos.

43568166255_74f67609b8_zO professor Alex Ramos, formado em pedagogia pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e em Letras-Libras, pelo Centro Universitário Leonardo da Vince, ministrou a palestra destacando temas como a história do oralismo, identificação dos surdos, potencialização do ensino inclusivo, estruturação da linguagem, professores bilíngues, dispositivos legais e realizou reflexões relacionadas à questão da opinião do surdo, entre outros pontos. Além de tirar dúvidas dos participantes que interagiram durante a palestra.

A professora da instituição, Adilea Dinis, relatou como foi receber em sua sala de aula alunos com deficiência auditiva. “No primeiro momento tive receio de não saber como lidar, porém com o suporte da Secretaria de Educação e da escola embarguei nesta nova aprendizagem e me doei para isso. Atualmente o Marcos nosso aluno com surdez progrediu bastante, tanto na leitura quanto na escrita. E assim toda a minha turma do 1º ano juntamente com ele está aprendendo a língua de sinais”, disse a professora.

44428136012_94abe13873_z“Estou feliz em saber que minha filha está sendo bem cuidada e evoluindo. Quando ela chegou à escola não sabia nada, hoje em dia ela já sabe ler sozinha e até escrever. Agradeço a toda equipe da escola e os intérpretes, todos foram de extrema importância para vida da minha filha e para mim, como mãe”, ressaltou Suzane Barcelos, mãe de uma estudante.

Por Sabrina Peres

Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
©2018 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável