PMI
PMI
Em 20 de dezembro de 2018 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí

Prefeitura de Itaboraí sorteia 300 casas do Programa Minha Casa Minha Vida

45484263685_c87f7f1ff7_zA Prefeitura de Itaboraí realizou nesta quinta-feira (20/12), o primeiro sorteio das novas unidades habitacionais do Programa “Minha Casa Minha Vida” – Loteamento Viver Melhor Itaboraí, no Bairro Esperança, para pessoas inscritas e habilitadas no cadastro do programa junto ao Banco do Brasil até o último dia 06 de novembro.

O sorteio ocorreu na quadra da Escola Municipal Professora Marly Cid Almeida de Abreu, em Nancilândia e reuniu centenas de pessoas, incluindo os 297 inscritos, que participaram do sorteio da casa própria. A previsão é que a entrega das chaves aconteça já no próximo mês.  E que o próximo sorteio, de mais 600 unidades, ocorra no primeiro semestre de 2019.

Aplaudido pelo público, o prefeito de Itaboraí, Dr. Sadinoel Souza ressaltou a sua felicidade em proporcionar este sorteio.

45484265205_649f71a23a_z“Tudo na administração pública é difícil, mas hoje é um dia muito importante do nosso governo. Quero agradecer todos os servidores envolvidos neste processo, e aos contemplados, que não desistiram do sonho da casa própria. Além dos deputados federais Altineu Côrtes e Soraya Santos, e o ministro das Cidades, Alexandre Baldy”, frisou o chefe do Executivo, agradecendo ainda seu corpo de secretários municipais e Câmara de Vereadores, que esteve representada pelos vereadores Enéas, Joana Lage e Geremias.

Pela primeira vez na história do município, moradores são sorteados para a aquisição de uma unidade habitacional pelo programa Minha Casa Minha Vida. Este primeiro sorteio contemplou 297 famílias, no próximo ano acontecerão mais sorteios, completando 3 mil casas sorteadas.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos e Habitação e Políticas Sociais, Clóvis Raimundo Thomé comentou que segundo a Cedae – Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro, já no primeiro semestre de 2019 começará a construção de uma nova Estação de Tratamento de Água (ETA), com captação de água do rio Caceribu. “Vale ressaltar que esta construção vem de um grande esforço do nosso prefeito. Assim vamos atender a região de Venda das Pedras, beneficiando aproximadamente 40 mil habitantes da localidade”, disse o gestor da pasta.

32524684918_fe66deca47_zO secretário pediu encarecidamente aos inscritos que participaram do sorteio, caso conheçam outras pessoas que estejam pleiteando uma casa no Loteamento Viver Melhor Itaboraí, que elas procurem imediatamente a Secretaria Municipal de Habitação e Políticas Sociais, localizada na Avenida 22 de maio, nº 7.071, em Venda das Pedras – Itaboraí (no galpão da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos). Horário de atendimento, de segunda a sexta-feira, das 9:30h às 16h. Com isso, as mesmas poderão regularizar os documentos a serem enviados ao Banco Brasil, para que possam participar dos próximos sorteios.

Emocionada, a subsecretária de Habitação e Políticas Sociais, Mônica Vírgilo, comentou a trajetória das pessoas até chegar este momento. “Foi muito difícil até aqui, mas vocês conseguiram. Vocês são privilegiados por estarem aqui hoje e com a oportunidade de adquirir a primeira casa própria”, disse Mônica, aniversariante do dia, que após ouviu cantos de parabéns.

Independente de quantos presentes, todos seriam sorteados, sem exceção, um pedido do prefeito, Dr. Sadinoel. Houve sorteio apenas para que as pessoas pudessem escolher seus blocos e apartamentos, de acordo com uma maquete que ficou exposta. O sorteio foi por meio de células nominais, contendo o nome completo do inscrito apto.

46396924071_080565eb60_zOs primeiros sorteados foram os inscritos que possuem algum membro da família e que irá morar na localidade, com necessidade especiais, os chamados Portadores de Necessidades Especiais (PNE). Os próximos sorteados, também por prioridade foram os idosos, beneficiários de Aluguel Social e pessoas que moram em área de risco. E por último a ampla concorrência. Os sorteados por prioridade puderam escolher os apartamentos do térreo, por conta da dificuldade de locomoção.

A primeira casa sorteada foi para Fernanda Barbosa, de 39 anos. Hoje ela mora de aluguel no bairro Ampliação e muito feliz pode escolher, entre todos os imóveis disponíveis, qual iria morar com seu filho. “Estou muito maravilhada, com o coração transbordando de alegria. O que estou vivendo hoje é a realização de um sonho que jamais imaginei em vivenciar. Meu filho, que é especial, agora terá um lar”, disse Fernanda, que aguardava esse momento há 9 anos.

“É um alívio saber que irei ser beneficiada. Espero por este momento há 10 anos. Hoje moro de favor na casa da minha cunhada, com meus 4 filhos e 3 netos. Mas agora tudo vai mudar, teremos nosso cantinho”, comentou Jailsa Silva Araújo, de 35 anos, moradora do bairro Esperança. Ela parabenizou ainda a iniciativa da atual gestão da Prefeitura.

 32524685058_77339d7f69_zMuito emocionada, outra ganhadora foi a auxiliar de serviços gerais, Ivone Alves, de 38 anos. Ela conta que há 9 anos sua mãe, já falecida, se inscreveu no Programa Minha Casa Minha Vida e que por já ter perdido as esperanças não iria comparecer ao sorteio. Como de costume, foi para o trabalho, como faz todos os dias, mas incentivada pelo seu esposo, ela decidiu ir até o local do sorteio. “Não sei nem descrever o que estou sentindo neste momento. Saber que meu filho, que hoje dorme no sofá por falta de espaço, poderá ter seu próprio quarto. Agora vou ter o que é meu”, falou Ivone, que hoje mora numa casa que foi cedida para sua família.

Cada contemplado teve direito a apenas um imóvel no sorteio e imediatamente deixará de participar dos próximos. Os beneficiários contemplados neste sorteio deverão comparecer à Secretaria Municipal de Habitação e Políticas Sociais até às 17h do dia 27 de dezembro de 2018, para assinatura de Termo de Anuidade e Adesão para elaboração do Contrato. Após, será realizado um contrato de financiamento da casa própria com o Banco do Brasil, que será de 10% da renda familiar, em um período de 120 meses, que varia de R$80 a R$270 por mês. A assinatura do contrato será realizada em outro momento, que será definido pelo Banco do Brasil.

32524685358_cf7c9dafcc_zO “Minha Casa, Minha Vida”, do Ministério das Cidades, no bairro Vila Esperança é o maior empreendimento do programa no Estado do Rio de Janeiro e contará com três mil unidades habitacionais. Além dos equipamentos sociais, como creches, escolas de ensino fundamental e ensino médio, unidade básica de saúde, quadras poliesportivas, CRAS e outros.

O evento contou com a presença dos secretários municipais de Educação, Marcos dias; de Gabinete, Jorge Antônio Silva; de Desenvolvimento Social, Leonidas Souza; de Trabalho e Renda, Kaito Rangel; o Controlador Geral do Município, Joaquim Gama e o Procurador Geral do Município, Dr. Antônio Dias.

Por Thaís Azevedo e Marcely Figueiredo 

LEIA MAIS EM PMI



Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
©2019 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável