PMI
PMI
Em 2 de maio de 2019 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí

Escolas públicas de Itaboraí visitam Reserva Ecológica em Guapiaçu

47758871781_e06d9bf186_zComo parte do projeto Recicla Itaboraí, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, em parceria com duas cooperativas de lixo, uma em Marambaia e outra em Manilha, sete escolas do município participaram de uma visita a Reserva Ecológica de Guapiaçu – Regua, em Cachoeiras de Macacu. As escolas fazem parte do projeto, que visa à educação ambiental e desenvolve atividades ligadas a reciclagem, cultivo de hortas e informações para crianças e adolescentes.

A visita aconteceu nos dias 26, 29 e 30 de abril e 2 de maio e o último dia será nesta sexta-feira (03/05). Ao todo, cinco escolas participaram da visita. Durante a ação, os estudantes puderam aprender sobre a importância da preservação da Mata Atlântica, por meio do educador ambiental, Carlos Quintanilha.

O coordenador de projetos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Eduardo Crispe, comentou sobre o impacto no dia a dia escolar 47758869421_6cd339b1a0_zque o projeto tem conseguido. “A gente percebe que essas escolas que fazem parte do Recicla Itaboraí estão muito mais limpas. Papéis e copos que a gente costumava ver no chão já não estão mais lá, isso cria um hábito e um cuidado desde cedo”, disse Eduardo, ao lado da secretária municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Paloma Martins.

Com mais de 15 anos de existência, a Regua, como é conhecida essa Organização Não Governamental (ONG), tem como objetivo a proteção dos remanescentes florestais de Mata Atlântica e a biodiversidade da região da alta bacia do Rio Guapiaçu.

Tatiana Horta, coordenadora do Projeto Guapiaçu Grande Vida, que faz parte da Regua, falou um pouco mais sobre a importância e o impacto na vida dos jovens que conhecem o programa.

47706202192_64171439e5_z“A visitação é uma ferramenta de educação pra sensibilizar os jovens para olhar o meio ambiente de outra forma. O nosso objetivo era receber 2.560 mil pessoas em dois anos, mas já conseguimos superar a nossa meta, atingindo mais de 3.500 mil. Recebemos escolas de Cachoeiras de Macacu, além das que vem de municípios vizinhos como Itaboraí e Guapimirim. Criar consciência ambiental em uma criança ou adolescente é o caminho mais fácil para preservação”, comentou Tatiana.

Para Anna Clara Rodrigues, de 12 anos, aluna da Escola Municipal Afonso Salles, a experiência foi importante. “Achei muito legal. A gente aprendeu muita coisa, vimos animais que não conhecíamos, como capivaras e jacarés, além de várias plantas, que é algo que eu gosto muito”, destacou a estudante.

Para saber mais sobre a Regua e seus projetos visite o site www.ggvbr.org ou ligue para (21)2745-3947.

 

Por Larissa Bastos

 

LEIA MAIS EM PMI



Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
©2019 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável