PMI
PMI
Em 10 de junho de 2019 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí

Bem-estar dos pacientes no hospital municipal é prioridade em Itaboraí

48014172968_aa418f5c42_z (1)O Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior, localizado em Nancilândia, está passando por uma nova fase. Agora mais acolhedor, após ter passado por obras de reformas 26 anos depois de sua inauguração, a unidade hospitalar, que atende até 18 mil pessoas por mês, e os cuidados da equipe de saúde impressiona os pacientes que buscam atendimento na unidade.

 “Sabemos que não adianta fazer todo este investimento de obras e mudanças se o paciente não receber tratamento humanizado. A Saúde de Itaboraí vai viver uma nova fase”, comentou o prefeito de Itaboraí, Dr. Sadinoel Souza, lembrando que a unidade conta com uma maternidade que é considerada a melhor da região.

O Leal Júnior está de cara nova e toda área de recepção passou por obras de melhoria. Toda recepção foi reestruturada, o telhado passou por reparos e recebeu novo revestimento de PVC no teto, acabando de vez com antigos problemas de vazamentos em dias de chuva. A sala de medicação, 48014172898_f0435ecdee_zacolhimento e cinco consultórios médicos estão com nova pintura, mais iluminadas e os banheiros receberam azulejos. Todo espaço está climatizado e com painéis eletrônicos para atendimento.

Mas não é só isso que faz do Hospital Municipal um diferencial no dia a dia dos pacientes e são eles mesmo que comprovam a qualidade do atendimento que recebem na unidade. “Já estou aqui há sete dias com meu esposo internado e fiquei impressionada com o carinho e cuidado que não só ele, como eu também, enquanto acompanhante, recebo da equipe. Pensei que perderia meu esposo quando minha única opção era trazê-lo pra cá, mas ainda bem que tomei esta decisão. Hoje ele está muito melhor e de cirurgia marcada inclusive”, disse aliviada Marilene Rosa de Figueiredo, de 51 anos.

Outro caso que chama atenção é de Wellington da Silva do Nascimento, de 37 anos. Com um problema no braço, ele não buscou socorro no hospital 48014172623_4edec278ea_z (1)porque ouviu dizer que a unidade não tinha médicos e não receberia atenção. Mas ao chegar ao Hospital Municipal ele foi surpreendido e ficou emocionado com todo carinho e atenção que recebeu dos profissionais que fizeram o acolhimento do paciente. “Eu não vinha porque só ouvia coisas ruins das pessoas, mas meu caso se agravou, procurei o hospital e percebi que as pessoas estavam erradas. Recebi total atenção da equipe médica e estou internado, recebendo toda medicação nos horários corretos, me alimentando bem, num local limpo e com pessoas que se importam verdadeiramente comigo. A equipe é bem atenciosa, me sinto muito bem cuidado aqui”, disse agradecido o paciente.

Com as portas abertas disponíveis para atendimentos da população 24h por dia, o Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior, o local conta com quatro médicos prestando atendimentos emergenciais. Lá também são realizados atendimentos médicos especializados: urologia, neurologia, cardiologia, infectologia, proctologia, ginecologia obstetrícia e cirurgias pediátricas, plásticas, vascular e torácica. Na enfermaria infantil sete leitos estão disponíveis para o tratamento das crianças, juntamente com um profissional de enfermagem e dois técnicos que monitoram as crianças a todo 48014161176_0f746cee39_zmomento. Na ala adulta, são 25 leitos, divididos entre espaço feminino e masculino. São cinco técnicos de enfermagem e um profissional de enfermagem de plantão a todo tempo acompanhando os pacientes. O Leal Júnior também dispõe de um Centro de Tratamento e Terapia Intensiva – CTI, com 10 leitos para pacientes que dependem de cuidados especiais.

“A Saúde é o nosso bem maior e o que queremos é oferecer a população um atendimento de qualidade e humanizado. Em nosso hospital quero que todos os pacientes sejam tratados com carinho, respeito e reconhecimento”, comentou o secretário municipal de Saúde, Júlio César Ambrósio.

O prefeito Dr. Sadinoel Souza, gosta de relembrar quando a cidade possuía outras unidades de Saúde em funcionamento, de portas abertas atendendo a população e hoje, todas se encontram fechadas, concentrando os atendimentos somente no Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior.

“Há 10 anos, eram quatro hospitais em funcionamento atendendo urgência e emergência, como Clínica Manilha, Casa de Saúde São Judas Tadeu, Hospital São João Batista e Casa Mather. Todos esses hospitais foram fechados e agora todos os pacientes estão concentrados num único local e mesmo assim ninguém fica sem atendimento, que é de qualidade, no Hospital Municipal”, comentou Dr. Sadinoel.

“Aqui dentro ninguém é conhecido de ninguém, somos todos iguais. Além de praticarmos a todo momento nossa empatia, nos colocamos no lugar dos nossos 48014251242_961b8c16c7_zpacientes para melhor cuidá-los. Todos são respeitados. Na nossa equipe sempre partimos do princípio de que o paciente poderia ser um parente nosso”, afirmou o supervisor da Enfermagem, Airson de Oliveira.

Por Marcely Figueiredo

LEIA MAIS EM PMI



Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
Fale Conosco: comunicacao@itaborai.rj.gov.br
©2019 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável