PMI
PMI
Em 2 de agosto de 2019 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí

Prefeitura de Itaboraí oferece cursos gratuitos aos idosos

48414832347_32506bd58b_zO projeto Conviver com Idoso, gerido pela Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Governo visa resgatar a autoestima e o bem-estar da população idosa no município. Dentre as atividades desenvolvidas estão os cursos gratuitos, nas modalidades de tricô, crochê, vagonite, pintura de tecido e de tela, bordado, desenho e informática. Além de hidroginástica e atendimentos de fisioterapia, psicologia e geriatria.

Ao todo, mais de 300 idosos participam dos cursos, que acontecem duas vezes por semana, terças e quintas-feiras, com 2h de duração cada, na sede do projeto, localizado na Faetec, em Ampliação.

“Minha vida se resume ao projeto”. Essas são as palavras da participante do Conviver com Idoso, Jane Tomaz Carreiro, 58 anos, que tentou suicídio por duas vezes, após perder sua filha, em abril de 2018, com uma doença rara. Ela foi convidada por sua vizinha e professora de crochê, bordado e tricô do projeto, Iolanda da Silva, para conhecer os cursos gratuitos.

48414684901_3f8562f1d2_z“Com a morte da minha filha, eu pensei que meu mundo tinha acabado, e tentei tirar a minha vida tomando grande quantidade de medicação. Mas apareceu a dona Iolanda, um anjo enviado por Deus. Conheci o projeto há quase um ano e quatro meses, e nunca mais saí daqui. Faço aulas de crochê, corte e costura e pintura em tecido. Além do acompanhamento com a psicóloga, que tanto me ajuda”, disse a moradora de Ampliação, que por determinação da psicóloga faz aulas duas vezes por semana, durante todo o dia.

Para o secretário municipal de Governo, Jorge Antônio Silva, essas atividades incentivam os idosos a redescobrirem sua importância na sociedade. “A terceira idade é uma fase da vida que todos nós queremos chegar, e com saúde física e mental equilibrada. Daí a importância do projeto, que cuida do idoso em todos os aspectos, além de resgatar a socialização entre eles”, disse Jorge Antônio.

Para a professora aposentada, Rosineide Monsores, 53 anos, o projeto Conviver com Idoso a curou da depressão. Segundo ela, a doença a atingiu no final do ano de 2018, logo após a morte do irmão e do sobrinho, e ainda desenvolveu anemia ferropriva (por deficiência de ferro), um dos motivos que contribuiu para sua aposentadoria. No projeto, ela participa das aulas de pintura em tecido, crochê, informática e hidroginástica, além do acompanhamento com a psicóloga.

“Quando eu cheguei aqui, no final do ano passado eu não falava com ninguém, e hoje as pessoas pedem para eu calar a boca, de tanto que falo. Devo muito a esse projeto e ainda ao Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior, onde fui muito bem tratada, por conta da anemia”, destacou Rosineide, moradora da Reta, que também trouxe suas duas irmãs e três amigas para participar do projeto.

48414683981_0d1fb4ba72_zSegundo a coordenadora do Conviver com Idoso, Tânia Almeida, o projeto surgiu em 1990 e vai completar 30 anos no município. Atualmente, são 1,4 mil inscritos, acima dos 50 anos de idade, divididos nos 18 polos de atividades físicas distribuídos no município, além dos cursos e atendimentos. Os polos contam com professores qualificados, graduados em Educação Física, que oferecem atividades físicas, proporcionando melhor qualidade de vida e evitando o sedentarismo.

“Nos cursos gratuitos são 40 alunos por modalidade e cada turma comporta 10 alunos, totalizando 320 inscritos. São quatro turmas por dia para cada curso, sendo 8h às 10h, 10h às 13h, 13h às 15h e de 15h às 17h. Mas ainda temos vagas para corte e costura, pintura em tela, desenho e informática. Os atendimentos para fisioterapia e psicologia acontecem duas vezes por semana, sendo 20 e 10 pacientes, respectivamente por dia e 16 pacientes para o médico geriatra, que atende uma vez por semana”, destacou Tânia.

 Há quase 20 anos como participante do Conviver com Idoso, a aposentada Lindalva Borges, 68 anos, é inscrita nas aulas de crochê e pintura em tecido, no polo de Itambi, com atividades físicas.

“Também já fiz o curso de pintura em tela. Hoje muita das minhas roupas sou eu que faço, com a técnica de crochê. E às vezes ainda vendo algumas peças que produzo, como as de pintura em tecido. Esses cursos são uma terapia para nós, ocupa a mente e interagimos entre os colegas”, destacou Lindalva.

48414684121_6ef05386cb_zA professora do curso de corte e costura, Maria José de Oliveira, mais conhecida como Lia, tem 77 anos e há 21 como professora no projeto. Suas aulas contam com quatro turmas e aproximadamente 36 alunas. Com duração de seis meses, o cronograma do curso conta com aulas de corte, medição, costura e outros.

“Muitas chegaram aqui sem ao menos saber pegar direito na tesoura, e ver a evolução delas é algo que me deixa muito feliz. Aqui elas vão melhorando a cada dia, e não apenas na prática em relação ao curso, mas na vida. Elas já fazem seus próprios modelitos, como vestido, blusas e outros”, falou Lia.

Outro atendimento de suma importância para os idosos é o da psicologia. Ele acontece duas vezes por semana, as terças e quartas-feiras, das 8h às 17h, com duração média de 40 minutos cada sessão.

48414833092_583b8b22e7_z“Não temos um número de sessões estipuladas para cada paciente, porque isso depende da necessidade de cada um. Dentre as situações trabalhadas estão, a depressão; perdas ao longo da vida; problemas de saúde; emprego e outros”, finalizou a psicóloga Luana Freitas Simões.

Para se inscrever, basta ir à sede do projeto Conviver com Idoso, localizado no prédio da Faetec, que fica na Av. Antônio Gomes, nº 1260, em Ampliação, Itaboraí. Horário de funcionamento, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16:30h. É necessário levar a cópia dos seguintes documentos: RG, CPF e comprovante de residência. Vale ressaltar que para as atividades físicas é imprescindível o atestado médico.

Por Thaís Azevedo 

LEIA MAIS EM PMI



Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
Fale Conosco: comunicacao@itaborai.rj.gov.br
©2019 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Sustentável